fbpx
(11) 98940-4096 contato@delvinoclub.com.br

Quando os imigrantes japoneses chegaram ao Brasil, no começo do século passado, trouxeram na bagagem sua cultura e surpreendente culinária. Com algumas adaptações aos costumes ocidentais, a comida nipônica foi ganhando prestígio, deixando de ser uma especiaria rara para ser tratada como uma opção muito popular. Mas como harmonizar vinho e comida japonesa? Será que funciona?

A harmonização tradicional com a gastronomia japonesa é feita com o saquê, que é uma bebida produzida através da fermentação do arroz. Mas, será que podemos combinar vinho e comida japonesa? Claro!

Para os pratos crus, como sushis e sashimis, precisamos de um vinho com boa refrescância e pouco corpo. Em geral, os vinhos brancos, rosés e espumantes se dão melhor com esse tipo de prato.

Para as frituras, como hot-rolls e tempurás, o ideal é combinar com um vinho com boa acidez, para “limpar” a boca da gordura da fritura. Um vinho branco com passagem por barrica combina perfeitamente, já que são vinhos com um pouco mais de estrutura para combinar com o sabor mais intenso proveniente da fritura.

Já nos pratos quentes, como Yakissoba ou Lámen, um vinho tinto frutado e com menos corpo se dá muito bem. Um Merlot ou Malbec jovem são uma boa pedida.

É importante tomar cuidado com alguns itens da gastronomia japonesa que podem estragar sua harmonização. O molho shoyu em excesso trará um elemento muito salgado ao prato, e pode arruinar a harmonização. O wasabi pode afetar a percepção dos sabores pelas papilas gustativas. Também tome cuidado com o gengibre, pois tem um sabor muito marcante e ácido, fazendo com que o vinho “desapareça” da sua boca.

Na sua próxima visita ao rodízio japonês, que tal testar como harmonizar vinho e comida japonesa? Bateu a vontade de harmonizar mais pratos com seus vinhos? Para aprender mais dicas de harmonização, venha fazer o Curso de Vinhos Del Vino Com Degustação

× Como Podemos Te Ajudar?