Mendoza: o que fazer na capital do vinho argentino

Por Del Vino Wine Club em 12 de maio de 2021

Mendoza: o que fazer na capital do vinho argentino

Conhecida como o berço do vinho argentino, a região de Mendoza é responsável por 70% da produção de vinhos da Argentina. Devido a isso, é uma das áreas vinícolas mais significativas para as Américas e está sempre entre os primeiros produtores de vinho no mundo. 

Aos apaixonados por vinhos, Mendoza deve estar na lista de próximos destinos para visitar e se encantar. O destino fica próximo a Cordilheira dos Andes, por isso, o cenário é belíssimo e digno de muitos registros fotográficos, além da lembrança, em qualquer época do ano. Contudo, o crescimento da cidade começou a partir de um terremoto em 1861.  Mendoza passou por uma reconstrução e foi projetada para sobreviver a outros possíveis terremotos, tornando-se um lugar seguro para os moradores e turistas de todo o mundo. 

A cidade possui muitas árvores e as ruas são espaçosas, seus prédios são baixos e há muitas praças pequenas ao redor da Praça da Independência. No subterrâneo da praça está localizado o Museu Municipal de Arte Moderna.

Mendoza: a capital do vinho argentino

Quanto aos vinhedos, assim como toda a cidade, eles são irrigados pelo derretimento da neve das montanhas próximas à região de Mendoza. Essa forma de irrigação é chamada de acequias e foi criada a partir de técnicas do povo inca (primeiros habitantes da região). Além disso, Mendoza possui vinícolas com grandes investimentos internacionais e em tecnologia, visando melhorar o cultivo, fermentação e comercialização da bebida.

Os vinhos mais conhecidos de lá são produzidos por Catena Zapata, famoso por fabricar vinhos com boa estrutura e alta complexidade. O sucesso dos vinhos argentinos têm crescido exponencialmente em todo o mundo, pois o clima, a região de cultivo e os investimentos são favoráveis para esta expansão. Os vinhedos estão localizados em altitudes elevadas e o clima seco e ensolarado, com pouca chuva, traz características únicas aos vinhos. 

Os vinhos tintos argentinos de destaque são produzidos a partir das uvas Malbec e Cabernet Sauvignon. Além disso, a uva Bonarda passou a ser mais plantada e tem resultado em vinhos tintos saborosos. Já para os vinhos brancos, a uva Chardonnay é mais utilizada. Mas a região tem feito experiências com outros tipos de uvas, como Pinot Noir, Merlot e Sauvignon Blanc. 

O que fazer em Mendoza?

O enoturismo é o principal destaque de Mendoza, já que a região é conhecida como a capital do vinho argentino. Por isso, é imprescindível incluir no roteiro a visita pelas principais vinícolas e vinhedos da região. A cidade possui cinco áreas de enoturismo, mas o que fazer em Mendoza?

Norte e Leste são as regiões mais baixas da cidade e concentra a maior extensão de vinhedos, sendo sede para as grandes vinícolas e área de maior produção atualmente. A região Central abriga vinhedos da maioria das vinícolas tradicionais. Por isso, é conhecida pela produção de vinhos mais fortes e maduros. Além disso, Maipú e Luján de Cuyo são sub-regiões pertencentes ao Centro de Mendoza. Inclusive, Luján de Cuyo possui Denominação de Origem Controlada para a produção de vinhos Malbec. A área do Vale de Uco é a região com maior crescimento nos últimos anos devido ao investimento feito ali. Está localizada a cerca de 900 a 1700 metros de altitude. Em menor altitude, tem a região Sul de San Juan. 

Sendo assim, vinícolas não faltam para visitar. A maioria delas são abertas para visita e degustação, como a Catena Zapata, Achaval Ferrer, Bodega Norton, Susana Balbo, Bodega La Azul e Casarena, por exemplo. Além disso, algumas trazem experiências particulares e únicas de harmonização e gastronomia. Para facilitar o turista, Mendoza possui o Bus Vitivinícola, um serviço de ônibus específico para visitar e degustar vinhos das vinícolas de Luján de Cuyo, Maipú e Vale de Uco. 

Já para quem gosta de conhecer e se aprofundar na história dos vinhos, dentro da Bodega La Rural está localizado o Museu do Vinho San Felipe. 

Apesar do enoturismo ser o forte da região, Mendoza também oferece outras atrações para quem está planejando a viagem. No centro da cidade, tem a Praça da Independência (citada no início do texto) e próximo a ela estão outros pontos turísticos, como o Hotel Hyatt, um luxuoso e tradicional hotel da cidade, e o casino Regency. Outras praças fazem parte das atrações da cidade, como a praça San Martín, a praça España, a praça Italia e praça Chile. 

Além disso, o turista pode passar pela feira de artesanato, o museu municipal e o teatro municipal. Um outro destaque vai para a fonte com a cor do vinho tinto, também localizada na praça. Próximo ao centro, Mendoza possui uma rua de pedestres com muitas lojas e cafés, a intitulada "Paseo Peatonal Sarmiento".

Em Mendoza, está localizado o Parque General San Martín, que é o parque mais antigo da cidade e um dos maiores da Argentina. O parque abriga o Estádio Malvinas Argentinas e a Universidade Nacional de Cuyo. 

Já para quem gosta de aventura e de mais diversão, o parque Aconcágua possibilita a realização de escaladas e trilhas. As praças no centro também possuem atrações voltadas para isso, como rafting, caminhadas e passeios à cavalo.

Enoturismo no Brasil

Para quem se interessou em conhecer Mendoza, pode adentrar no enoturismo brasileiro inicialmente. Assim como a Argentina, o Brasil também possui destinos voltados ao enoturismo, ideal para enófilos e quem deseja conhecer mais sobre vinhos. A região da Serra Gaúcha, com o Vale dos Vinhedos, é um dos principais lugares dedicado à vinícolas e vinhedos, com muita história acerca do vinho e sua origem. Para quem possui interesse em conhecer a região, a Del Vino realiza excursões para o Vale dos Vinhedos. O fim de semana na região conta com visitas em várias das melhores vinícolas do Vale dos Vinhedos, degustação de vinhos, além de acompanhamento de um sommelier da Del Vino, que tem o objetivo de contribuir para uma experiência inesquecível durante as degustações.

Crédito das fotos: depositphotos | Sunsinger & Javarman

Por Del Vino Wine Club
A Del Vino Wine Club promove cursos de vinho com foco na experiência. Nossos cursos são totalmente práticos, com muita degustação e em ambiente super descontraído.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *