Enoturismo: a viagem ideal para quem gosta de vinhos

Por Del Vino Wine Club em 19 de maio de 2021

Enoturismo: a viagem ideal para quem gosta de vinhos

Seja para conhecer novas pessoas, culturas ou desenvolver um novo idioma, viajar é sempre gratificante. Mas as viagens não se limitam apenas a isso. Aos apaixonados por vinho, existe uma modalidade ideal: o enoturismo. Esta forma de turismo gastronômico é voltada totalmente para o universo dos vinhos. Ou seja, tem como objetivo a apreciação da bebida, além de ampliar os conhecimentos pelas vinícolas e vinhedos sobre suas origens, tipos de uvas, formas de fabricação, entre outros aspectos acerca dos vinhos, além da cultura e tradição dos destinos, que comumente são voltados à cultura do vinho. 

Basicamente, o enoturismo permite aos viajantes uma completa imersão na história e nos sabores da bebida, além de ter acesso a paisagens deslumbrantes das regiões dos vinhedos. O foco principal de uma viagem voltada ao enoturismo é conhecer vinícolas e vinhedos por meio de visitas guiadas, fazer degustações de vinhos, além de harmonizar a bebida com a gastronomia local, por exemplo. 

Algumas propriedades abertas à visitação em determinados destinos possuem experiências imersivas, em que o turista pode realmente ter contato com as uvas e algumas etapas da fabricação da bebida. Outras também oferecem oficinas atreladas a degustação, contribuindo de forma mais ativa na expansão do conhecimento do viajante. A verdade é que os roteiros para viagens de enoturismo são enormes e podem ser personalizados de acordo com o tempo de viagem e gostos pessoais de cada turista. 

Taça de vinho durante viagem de enoturismo

Enoturismo no Brasil

Contribuindo para a economia local, é possível conhecer alguns destinos voltados ao enoturismo no Brasil. Algumas regiões do país são reconhecidas mundialmente pela produção dos vinhos e se tornaram destino ideal para os enófilos que desejam se aproximar da bebida sem precisar ir para outros países. Confira abaixo três destes locais: 

Vale dos Vinhedos: O Sul do Brasil possui um dos maiores complexos enoturísticos do país. Conhecida por Vale dos Vinhedos, há 122 quilômetros de Porto Alegre e 120 quilômetros de Gramado, a região pertence aos municípios de Bento Gonçalves, Garibaldi e Monte Belo e possui excelente infraestrutura turística, paisagens belíssimas dos vinhedos e produção de vinhos com máxima qualidade. 

O Vale dos Vinhedos foi a primeira região produtora do país a alcançar o status de Indicação de Procedência (IP), além de possuir o selo de Denominação de Origem (DO). Lá é possível visitar pequenas propriedades rurais, vinícolas familiares e de renome mundial. Além disso, a região possui todo conforto para uma viagem completa, como hotéis, pousadas, restaurantes, bistrôs, ateliês de artesanato, memorial do vinho, armazém de queijos, biscoitos, doces e geleias coloniais e gourmet. 

São Roque: O Sudeste também contempla destinos enoturísticos. Localizado no interior de São Paulo, há cerca de uma hora da capital, São Roque também é um dos destinos imperdíveis para os enófilos. a cidade é repleta de vinícolas e vinhedos, que fazem parte do Roteiro do Vinho. Esta área contempla mais de 30 estabelecimentos distribuídos por três rotas: a Estrada do Vinho, a Estrada dos Venâncios e a Rodovia Quintino de Lima. 

Com boa infraestrutura para hospedagem, lazer e gastronomia, o Roteiro do Vinho envolve muito mais do que vinhos. Além das adegas e vinícolas, a região abriga restaurantes, hotéis e pousadas, além de passeios voltados à natureza. 

Vale do São Francisco: Para quem acha que a produção de vinhos nacionais se concentra apenas no Sul e Sudeste, o Nordeste abriga o Vale do São Francisco, localizado no município de Lagoa Grande, em Pernambuco. 

O destino é perfeito para enoturismo, pois também proporciona uma rota dos vinhos com visita guiada e turismo pedagógico, ideal para os enófilos que procuram por conhecimentos mais técnicos. A cidade possui diversas vinícolas e isto contribui muito para o crescente número de turistas na região.

Enoturismo pelo mundo afora

Além do Brasil, muitos países também possuem regiões dedicadas à produção de vinhos e, consequentemente, são bons destinos para a prática de enoturismo. A França é a maior produtora de vinhos de todo o mundo, seguida da Itália. No entanto, Espanha, Estados Unidos, Argentina, África do Sul e muitos outros também investem na produção interna de seus vinhos. Confira abaixo três destinos para o enoturismo fora do Brasil para planejar futuras viagens: 

Bordeaux: Localizada no Sul da França, Bordeaux é uma cidade portuária muito conhecida por seus vinhos e pelas incontáveis vinícolas (muitas delas históricas). Para visitar a região é importante pesquisar previamente sobre as vinícolas que são abertas ao público, pois as que fazem visitas guiadas exigem reserva prévia de horário para controlar melhor o fluxo de pessoas. 

Toscana: Abrigando a clássica rota do Chianti (Siena e Firenze), a região de Toscana, localizada na Itália também deve fazer parte dos destinos para futuras viagens enoturísticas, pois também possui vinícolas muito tradicionais e conhecidas mundialmente. Além das visitas guiadas pelas vinícolas, é indicado estender um pouco a viagem e conhecer o Museu do Vinho em Florença, cidade pertencente à região de Toscana -- ótima forma de se aprofundar na história dos vinhos italianos. 

Mendoza: Aqui na América do Sul, temos Mendoza, cidade localizada na Argentina e que contempla paisagens incríveis da Cordilheira dos Andes. É um destino enoturístico mais acessível aos brasileiros e conta com boa infraestrutura para a viagem, gastronomia e hospedagem. A região possui muitas vinícolas, que são espalhadas por toda a cidade. A dica é consultar as vinícolas mais próximas para visitá-las no mesmo dia e otimizar seu tempo de viagem.  

Dica da Del Vino para uma viagem completa

Para quem nunca praticou enoturismo e não sabe por onde começar a planejar seu próprio roteiro, a Del Vino Wine Club pode te ajudar, pois realiza excursões para o Vale dos Vinhedos, um dos destinos mais conhecidos na Serra Gaúcha destinado para esta modalidade de turismo. As excursões costumam ser montadas para um final de semana e contam com visitas nas melhores vinícolas da região, além de degustação de vinhos -- o com o apoio de um sommelier da Del Vino, que busca agregar mais conhecimento, contribuindo para uma experiência única e inesquecível durante as degustações. 

Crédito das fotos: Pixabay

Por Del Vino Wine Club
A Del Vino Wine Club promove cursos de vinho com foco na experiência. Nossos cursos são totalmente práticos, com muita degustação e em ambiente super descontraído.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *